Notícias

Uma empresa sempre à frente do seu tempo

Postado dia 17/11/2014

Nova moda nas redes sociais ameaça segurança na estrada!

Nova moda nas redes sociais ameaça segurança na estrada!

Há muito que os auto-retratos com o telemóvel, - ou as "selfies", como são conhecidas estas fotografias - são uma tendência nas redes sociais. Mas ultimamente, têm conhecido algumas inovações: umas apenas incompreensíveis (como a recente, de tirar fotos a si próprio em funerais e velórios), outras bem mais perigosas. É o caso desta.

Só no Instagram, uma pesquisa por  "#drivingselfie" (ou auto-retrato a conduzir) ou pelo plurar da palavra, devolve mais de 5500 imagens. E se se procurar por "#drivingtowork" (a conduzir para o trabalho), a rede social encontra quase 10 mil resultados. O mesmo no Twitter. E não se pense que é uma prática inconsciente dos perigos: muitos acrescentam a "tag" "#Ihopeidontcrash" (espero não ter um acidente).

"Tirar uma foto a si próprio a conduzir um veículo de uma tonelada a 80 ou 90 km/hpra? É pôr a própria vida em risco e a dos outros", alerta  Jackie Gillan, presidente da uma associação norte-americana de defensores da segurança nas estradas.

E a tendência não se limita aos carros. Já se encontram nas redes sociais "selfies" de pessoas a conduzir motas, barcos e até aviões...

O fenômeno já tem uma dimensão tão considerável que a Toyota criou um anúncio em que apela, numa tradução livre a que "Se fotografar não conduza".



Fonte: http://visao.sapo.pt

Continue Lendo

Postado dia 17/11/2014

Mantenha o carro limpo e a alergia longe

Mantenha o carro limpo e a alergia longe

Se a descrição acima aplica-se direitinho ao seu automóvel, trate de mandá-lo ao lava-rápido mais próximo. Um estudo da Universidade Federal de Uberlândia (UFU), em Minas Gerais, mostrou que essa imundície toda é capaz de disparar uma baita crise alérgica nos passageiros mais suscetíveis. No levantamento, liderado pelo imunologista Ernesto Taketomi, 60 veículos particulares tiveram amostras coletadas e, pasme, mais da metade continha quantidades acima do admissível desubstâncias nocivas ao sistema respiratório. Entre os principais achados estavam os pêlos de cães ou gatos que sobram nos assentos e no carpete. Eles contêm uma espécie de proteína alergênica que dispara a pronta reação do sistema imunológico. Em pessoas sensíveis, essa resposta é exagerada. E aí, para combater os invasores, as defesas liberam a imunoglobina E, chamada de IgE, que desencadeia de rinite e conjuntivite até uma crise de asma.

E mesmo quem não convive com bichos está sujeito ao problema. Basta rodar com alguém que tenha animais em casa e os pêlos vão de carona. O efeito é exatamente o mesmo, explica Ernesto Taketomi. Mas não é só a pelagem de pets que provoca espirros durante o passeio. Os ácaros aracnídeos invisíveis a olho nu também são agentes alergênicos que, transportados pelas roupas e até pelos cabelos, se proliferam dentro do automóvel. Pior: eles se alimentam de escamas da pele humana que se acumulam por lá. Ou seja, além de moradia, seu carro é um belo restaurante para esses seres microscópicos. Pensa que a lista de malfeitores acabou? Pois tem mais. Os fungos, atraídos pela umidade provocada pelo ar-condicionado, também se sentem pra lá de confortáveis no interior do veículo. Além de causarem alergias por si sós, eles servem de alimento para os ácaros. Ou seja, onde há um deles muito provavelmente a gente encontra outro, completa Fábio Morato Castro, imunologista da Universidade de São Paulo.

A poluição de ruas, estradas e avenidas pode dar aquele empurrãozinho na direção de uma crise. E ela fica impregnada no automóvel inteiro, até mesmo na lataria. Por isso, os alérgicos não devem fazer a lavagem pessoalmente, já que o desprendimento dessa fuligem costuma ir sem escala para o nariz.

Continue Lendo

Postado dia 17/11/2014

Perigo: milhões de pessoas dirigem com pneu careca

Perigo: milhões de pessoas dirigem com pneu careca

Milhões de motoristas se colocam e colocam os outros em situações de risco ao dirigir pelas estradas com um ou mais pneus carecas. Uma pesquisa realizada pela indústria de pneus americana Rubber Manufacturers Associationconcluiu que cerca de 11% dos veículos circulam com pelo menos um pneu careca, o que faz aumentar muito o risco de acidentes – especialmente em dias de chuva.

Em números mais reais: considerando o feriado de Dia de Ação de Graças, 39.7 milhões de americanos pegaram estrada para voltar para casa. Destes 39,7 milhões, mais ou menos 4 milhões se colocaram em situação de risco por causa de pneus carecas.

A mesma pesquisa da RMA, realizada com 6.300 veículos, mostrou que 64% dos motoristas nem sabem dizer quando o pneu está careca e 9% deles nunca checam se o pneu está devidamente calibrado. Apenas 17% dos veículos estavam com os 4 pneus bons e calibrados e 55% tinham pelo menos um pneu murcho.

Realize suas revisões periodicamente do seu veiculo! 

Continue Lendo

|6|7|8|9|10|

Lojas

Av. Almirante Adalberto Barros Nunes Nº 2896 - Belmonte - Volta Redonda - (24) 3346-7377
Av. Sérgio Braga nº 509/521, Ponte Alta - Volta Redonda - (24) 3342-2028  |  (24) 3342-0406
Av. Paulo Erlei Abrantes nº 8500 - Três Poços - Volta Redonda - (24) 3340-2150