Notícias

Uma empresa sempre à frente do seu tempo

Postado dia 22/03/2017

Como funciona a suspensão com barra estabilizadora ativa?

Como funciona a suspensão com barra estabilizadora ativa?

A indústria está cada vez mais atenta às oportunidades de aumentar o rendimento dos veículos. Além da atenção dispensada aos sistemas tradicionais, como motor, transmissão, pneus e carroceria (peso e aerodinâmica), as fábricas de automóveis procuram soluções que aperfeiçoem qualquer componente que possa gerar ganhos de eficiência.

A indústria está cada vez mais atenta às oportunidades de aumentar o rendimento dos veículos. Além da atenção dispensada aos sistemas tradicionais, como motor, transmissão, pneus e carroceria (peso e aerodinâmica), as fábricas de automóveis procuram soluções que aperfeiçoem qualquer componente que possa gerar ganhos de eficiência.

Um exemplo disso é a recém-lançada barra estabilizadora ativa desenvolvida pela Schaeffler, já adotada por marcas como Audi e BMW em modelos como o SUV SQ7 e o sedã de luxo Série 7.

Assim como as barras estabilizadoras convencionais, a da Schaeffler tem a função de controlar os movimentos da suspensão, assegurando o contato das rodas com o asfalto, de modo a garantir o controle direcional, a segurança e o conforto.

Seu diferencial está no fato de conseguir fazer isso com desempenho superior ao dos dispositivos convencionais e comparável ao dos sistemas mais sofisticados, hidráulicos ou pneumáticos, que são mais pesados e consomem mais energia no funcionamento.

Segundo a empresa, o ganho de eficiência energética gerado pela barra estabilizadora ativa pode chegar a 3%, na comparação com um sistema hidráulico, porque ela atua somente quando surge irregularidades na pista ou em curvas. A invenção ganhou no ano passado o German Innovation Awards.

Para as fábricas de automóveis, que têm de atender aos padrões de eficiência cada vez mais rigorosos, toda ajuda nesse sentido é muito bem-vinda.

Conforto

Em linha reta, os eventuais estímulos recebidos pelos braços – presos à suspensão – são transferidos às embreagens e absorvidos, proporcionando um nível de conforto superior ao geralmente apresentado por sistemas convencionais.

Estabilidade

Nas curvas, onde existe transferência de peso de um lado para outro do carro e a carroceria tende a rolar (rolling), o motor gera uma força de modo que os braços iniciam um movimento rotacional no sentido oposto, forçando a carroceria a se estabilizar.

Dirigibilidade

As cargas aplicadas pelo motor aos braços podem variar entre as rodas (internas e externas às curvas), contribuindo para a dirigibilidade. Segundo a fábrica, ela pode ser instalada sem necessidade de alterar a geometria da suspensão.

Fonte: 4 Rodas

Continue Lendo

Postado dia 16/03/2017

Audi confirma Q4 para 2019 e três novos elétricos até 2020

Audi confirma Q4 para 2019 e três novos elétricos até 2020

A Audi confirmou o lançamento mundial do Q4, quarto membro da família de SUVs “Q”, para 2019. A nomenclatura patenteada no ano passado batizará um “veículo utilitário esportivo e compacto”, nas palavras da Audi. Traduzindo em miúdos, o Q4 será uma versão de produção do conceito TT Offroad (que esteve no Salão do Automóvel de São Paulo de 2014), rivalizando com BMW X4, Mercedes-Benz GLC Coupé e Range Rover Evoque.

A marca aproveitou a ocasião para reiterar que o Q8, até então revelado apenas na forma de carro-conceito, será lançado ainda neste ano. O SUV de grande porte a ser posicionado acima do Q7 e deve investir na tecnologia de propulsão híbrida. Sendo assim, até o fim da década a Audi terá uma ampla linha de SUVs, formada por Q2, Q3, Q4, Q5 e Q8.

Além dos utilitários esportivos, a Audi apostará nos veículos elétricos lançando três novos modelos até 2020. “A Audi já treinou mais de 6 mil funcionários para trabalhar com tecnologia de alta voltagem nos últimos 3 anos”, afirmou a empresa.

Fonte: Revista Quatro Rodas

Continue Lendo

Postado dia 15/03/2017

Arranhões na lataria

Arranhões na lataria

Imagine a seguinte cena: estacionamento de shopping ou de um grande supermercado lotado, muitas pessoas circulando com carrinhos de compras, e no final do dia, o saldo: carro arranhado. Se nunca aconteceu com você, certamente já ocorreu com algum conhecido. Mas e agora, o que fazer? Passar direto na loja de pinturas ou tentar resolver em casa? Neste artigo apresentamos algumas opções no estilo “faça você mesmo”, que podem ajudar a minimizar ou até mesmo resolver os estragos.

O primeiro passo é avaliar criteriosamente cada tipo de arranhão. Se for identificado um dano superficial, com um pouco de tinta de outro veículo ou pequenas manchas, é possível que haja salvação. Mas, se for constatado que o arranhão atingiu a camada do primer, é aconselhado procurar ajuda profissional. Isso porque a área se torna vulnerável à corrosão, que pode se espalhar sob a pintura, por todo o seu veículo.

Eliminando arranhões
Existem inúmeros produtos para este fim à venda no mercado de automóveis. Seja líquido, gel ou em pasta, é interessante consultar alguém que já tenha passado por essa experiência e pedir-lhe indicação de produtos. Em geral a forma de aplicação é bem simples: com a região limpa, passe o produto sobre o arranhão deixando-o agir por alguns minutos, e em seguida passe um pano para polimento.
Um outra dica, essa bem caseira, é usar óleo de banana. Isso mesmo, óleo de banana. Muito usado pelo público feminino para amolecer esmaltes antigos, ele pode ser a solução para pequenos arranhões. A aplicação é fácil: limpe a região arranhada com água e sabão neutro, enxágue e seque. Em seguida, passe o óleo de banana com algodão e pronto. Se o seu arranhão é mesmo superficial, você pode ter resolvido o problema. E, se nenhuma das soluções funcionar, será mesmo preciso contar com a ajuda de um profissional, ou então envelopar o veículo para esconder o estrago.
Gostou das dicas? Cuidar do seu carro é sempre importante. Nós da Dinamicar Pneus sabemos disso, por isso oferecemos a você as melhores opções de produtos, os melhores preços de pneus do Rio e todos os serviços de manutenção automotiva. Conheça uma de nossas lojas!

fonte: dinamicarpneus

Continue Lendo

|6|7|8|9|10|

Lojas

Av. Almirante Adalberto Barros Nunes Nº 2896 - Belmonte - Volta Redonda - (24) 3346-7377
Av. Sérgio Braga nº 509/521, Ponte Alta - Volta Redonda - (24) 3342-2028  |  (24) 3342-0406
Av. Paulo Erlei Abrantes nº 8500 - Três Poços - Volta Redonda - (24) 3340-2150