Notícias

Uma empresa sempre à frente do seu tempo

Postado dia 21/05/2014

CHECKLIST DE VIAGEM

CHECKLIST DE VIAGEM

Para uma viagem sem riscos: o que verificar antes de pegar a estrada?

- documentação do motorista: validade da habilitação; 
- documentação do veículo: licenciamento e seguro obrigatório têm que estar com o motorista. Se estiverem vencidos, providencie a renovação; 
- estado e calibragem dos pneus e do estepe; 
- nível dos fluidos de arrefecimento/água (pode ser conferido no posto de gasolina); 
- funcionamento dos faróis e piscas; 
- palhetas e reservatório de água do pára-brisa; 
- equipamentos obrigatórios: macaco, triângulo, extintor de incêndio; 
- não se esqueça de conferir a validade do seu extintor;

 
(SXC.HU)

Use óculos

Lentes não muito escuras com proteção contra raios UVA e UVB podem ajudar a descansar seus olhos enquanto dirige

Faça pausas

Não diriga por mais de duas horas seguidas. Mesmo que não se sinta cansado, pare e se espreguice para ajudar o sangue a circular e manter sua atenção. Sob nenhuma hipótese dirija com sono, nem durante o dia ou à noite. Em casos como esse, procure um local seguro e pare

Faça refeições leves

Evite frituras. Prefira saladas e carnes ou peixes grelhados. Isso facilita a digestão e ajuda a evitar sono ao volante

Levando seu pet

Use caixas transportadoras e prenda-as no banco de trás com o cinto 
para proteger você e seu animal de freadas repentinas. 
Para cachorros grandes há cintos de segurança especiais. 

Leve seu pet em um transportador de tamanho adequado a seu porte e faça paradas no meio do caminho para que ele possa descansar também.

Não olhe para os faróis

Olhar para os faróis dos outros veículos pode ofuscar sua visão. Concentre-se na estrada

Sob chuva intensa, pare

Chuva forte facilita derrapagens e prejudica a visibilidade do motorista. Escolha um local seguro e pare seu carro. Evite parar sob árvores, pois elas podem atrair raios em caso de tempestades

Evite o consumo de álcool

A famosa "cervejinha do almoço" pode colocar sua vida e dos outros em risco, além de ser a garantia de multa pesada

Sob neblina, use faróis baixos

Faróis altos prejudicam a visibilidade nessas condições de tempo. Use o farol baixo e reduza a velocidade

Continue Lendo

Postado dia 20/05/2014

A calibragem certa

A calibragem certa

É muito comum calibrar os pneus a qualquer horário do dia, em postos de combustível. Contudo, esse costume não é somente incorreto como pode prejudicar a carcaça – a parte mais resistente do pneu, que retém o ar sob pressão e suporta o peso total do veículo. Com esta parte da estrutura prejudicada, a vida útil do pneu diminui.Calibragem deve ser realizada em locais especializados, de preferência pela manhã, com os pneus frios. 

De acordo com especialistas, o problema do calibrador do posto de combustível é sua falta de precisão. “O calibrador precisa ser aferido semanalmente para ver se não tem partículas de água nas mangueiras, que ficam funcionando o dia todo”, explica. Segundo ela, o procedimento correto é fazer a calibragem em empresas ou locais que comercializam pneus, onde o calibrador passa diariamente pela sangria – a retirada do excesso de umidade no compressor para que, durante o processo de calibragem, não seja repassado ar com água para os pneus.

Mas há outro fator ainda mais importante que contribui para a fadiga dos componentes: a calibragem com os pneus aquecidos. A indicação, é calibrar somente quando os pneus estiverem frios – ou seja, em geral, pela manhã –, porque as partículas de ar dentro da câmara estão mais estáveis. “Se o pneu está aquecido, as partículas estão agitadas, com mais pressão, e a oscilação é grande”, esclarece. Isso faz com que a calibragem pareça uma coisa e seja outra: “Você põe a mangueira e dá a impressão de que está colocando ar, mas na verdade está é saindo ar”. Ou seja, você observa o calibrador marcando 28 mas a pressão está em 22, um valor abaixo do recomendado.

Quanto maior a quantidade de carga, mais ar deve ser colocado nos pneus, especialmente nos da parte traseira, para evitar a fadiga dos componentes do material. A gerente ensina que, conforme o peso da carga, é aconselhável às vezes que se ponha 2 a 3 libras a mais no conjunto traseiro, especialmente quando se vai viajar. Embora a duração de um pneu dependa de variáveis como peso de carga, temperatura e pressão, o uso correto da calibragem garante a eles pelo menos 25%  mais de vida útil, um percentual que vale a pena ser considerado.

Os parâmetros recomendados para a pressão variam de acordo com fatores como modelo do veículo, potência do motor e índice de carga, além das recomendações do próprio fabricante. Em condições normais, as recomendações de pressão são as seguintes:*

- Aro 13: em média, 26 libras
- Aro 14: 28 a 30 libras
- Aro 15: 28 a 31 libras

Continue Lendo

Postado dia 16/05/2014

RUÍDOS NO AUTOMÓVEL

 RUÍDOS NO AUTOMÓVEL

Nada mais desconfortável do que ruídos no automóvel. Além de irritarem os passageiros, ainda podem causar problemas de segurança – tanto em relação ao sistema do carro quanto ao diminuir o nível de atenção do condutor.

Os ruídos do carro podem vir dos pneus

1. Quando o ruído é percebido fora do veículo
As principais fontes desse ruído são:
. A rugosidade do solo;
. O desenho da banda de rodagem.



Para reduzir o ruído, os fabricantes de pneus atuam no desenho da escultura. Neste caso, a palavra de ordem é equilíbrio dos desempenhos – ou seja, não degradar alguns atributos de um pneu em detrimento de outros.

2. Quando o ruído é percebido dentro do veículo
O pneu absorve as irregularidades da estrada, sendo um importante elemento de conforto. Mas em algumas condições de uso, eles podem gerar vibrações e desconforto auditivos e mecânicos.
 

 

* Baseado em testes realizados pelo Centro de Tecnologia da MICHELIN nos EUA.

Continue Lendo

|6|7|8|9|10|

Lojas

Av. Almirante Adalberto Barros Nunes Nº 2896 - Belmonte - Volta Redonda - (24) 3346-7377
Av. Sérgio Braga nº 509/521, Ponte Alta - Volta Redonda - (24) 3342-2028  |  (24) 3342-0406
Av. Paulo Erlei Abrantes nº 8500 - Três Poços - Volta Redonda - (24) 3340-2150